Vigília de Pentecostes com o terço dos homens e a bênção das rosas.

No terceiro dia da novena, recordamos o tempo em que Anchieta esteve refém dos índios tamoios.

“As tribulações fazem parte da nossa vida, e não é diferente na vida dos santos. Todos vivem tribulações. Cristãos, ou não. Com fé, ou não. Mas qual a diferença?”, perguntou padre Bruno Fanguelli. “Aquele que tem fé, tem esperança que vai superar aquele momento”, respondeu.

Na tribulação e nas tentações, sobretudo nesse tempo de perigo, Anchieta recorria à oração e confiava-se aos cuidados da Santa Mãe de Deus. Esse é o relato do primeiro biógrafo de Anchieta, Pe. Quirício Caxa, que conviveu com o Apóstolo do Brasil.

“Deus o livrou, São José de Anchieta. Interceda por nós, para que sejamos fortes e pacientes nas tribulações”, concluiu.

Santa Missa da Vigília de Pentecostes

Logo após a novena, foi celebrada a Missa da Vigília de Pentecostes presidida pelos reitores do Santuário Nacional de São José de Anchieta.

Padre Nilson Maróstica, reitor, iniciou a homilia com a reflexão sobre a Torre de Babel, construída com a pretenção de chegar até Deus. Confundidos, em sua língua, desentenderam-se e foram dispersos.

“A torre de Babel é a segunda queda. A primeira foi quando comeram o fruto do conhecimento do bem e do mal”, explicou.

“Quanto mais humano, mais divino seremos.”

Na segunda leitura, São Paulo fala dos gemidos inefáveis da criação. “É dentro do coração que Ele fala. A gente sente impulso, desejo, ou como fala Santo Inácio, moções”, explicou o reitor.

É necessário “ouvir a voz de Deus dentro de nós, deixarmo-nos guiar pelos apelos de Deus. Dentro de nós se faz novamente a criação. Nós somos recriados quando entramos em contato com Deus. E assim criamos um novo mundo, uma nova sociedade, uma nova natureza. Ele renova todas as coisas, dentro de nós.”

Para poder escutar a voz de Deus é preciso silêncio, “Deus não vai falar em voz alta”, lembrou Padre Nilson.

No Evangelho, Jesus diz, todos aqueles que estais cansados e com sede venham a mim. Jesus é a fonte que brota de Deus.

Do Evangelho, Padre Nilson conduziu à seguinte reflexão: “onde sentimos a sede? Na língua. A língua é o lugar da palavra. Aqui água e palavra estão muito associadas. Quem tem sede deve buscar a Palavra. E se você busca a Palavra matará a sede. A Palavra de Deus é verdadeira comida e verdadeira bebida. E hoje Jesus diz que quem vem até mim terá sua sede saciada”.

“Pentecostes é essa vida do Espírito Santo que afasta o demônio da nossa vida. Em Babel, tivemos a divisão que dispersou. Pentecostes, será a união. E aí encontraremos repouso e saciedade na Palavra de Deus. E assim daremos muitos frutos”, concluiu.
.

O TERÇO DOS HOMENS

A romaria do terço dos homens ao Santuário Nacional de São José de Anchieta também foi lembrada na homilia.

“O terço é a segunda maneira da gente se santificar. De estar mais próximo da santidade de Deus. A primeira maneira é a participação diária na Eucaristia”, continuou o Reitor em sua homilia.

“Mas nem todo mundo tem o privilegio de participar da Missa e receber a Eucaristia diariamente. Quem não pode fazer isso, tem uma saída: rezar o terço”, concluiu Padre Nilson que em seguida explicou a ousada afirmação.

Pois,

“cada Ave-Maria que a gente reza é uma gota de santidade que a gente deposita no nosso coração.”

O terço é instrumento de santificação diário, uma vez que “rezando o terço você está ligado na realidade divina. Esta cumprindo o que o Evangelho falou, está indo à Deus para matar a sede da sua Palavra”, disse.

A contemplação dos mistérios do santo Rosário está diretamente ligada à Palavra de Deus. Por isso “Rezando o terço, a nossa mente está ocupada com as coisas de Deus. Então aconselho aqueles que não fazem parte que comecem a participar do terço dos homens”, instruiu o sacerdote.

Padre Nilson, concluiu a homilia com um pedido: “quando estiverem rezando, rezem pelos sacerdotes. Tantos padres vão gastando sua vida como estas velas no altar. Atrás de cada padre há milhares de fiéis. Rezem pelo Papa Francisco que tem trazido o Evangelho com perseguição. E ele está sendo muito perseguido. Rezem para que se mantenha firme no seu ministério”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s